Pular para o conteúdo

Vera Canhoni

Bordas do Inconsciente: responsabilidade desejos inconscientes – Vera Canhoni

Bordas do Inconsciente: responsabilidade desejos inconscientes – Vera Canhoni

responsabilidade e destino dos desejos

“Subjetivamente temos responsabilidade por nossos desejos e pelo destino que damos a eles, se para me defender do fato de que abrigo em mim impulsos que a sociedade considera perversos ou malignos, tanto quanto impulsos moralmente considerados bons eu recuso ou desconheço o inconsciente como se não fosse meu, estou automaticamente fora do campo da psicanálise – tanto clinico quanto ético. Pois a ética da psicanálise, do lado do analisando, exige justamente que se assuma a responsabilidade moral pelos desejos inconscientes.”

  Maria Rita Kehl

Kehl. M.R. A mínima diferença: masculino e feminino na cultura. Rio de Janeiro, Imago 1996.

Psicoterapia psicanalítica para (re) inventar o viver

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *