Pular para o conteúdo

Vera Canhoni

O feminino em análise – (des) cobrir a própria voz: é ter gana e coragem

O feminino em análise – (des) cobrir a própria voz: é ter gana e coragem

 

Uma homenagem a todas as mulheres  que (des) cobriram e  ainda trazem no peito o desejo de encontrar a própria voz…

(des) cobrir a  própria voz é ter gana e coragem… 

é preciso ter raça… 

é preciso ter  sonho…

é preciso ter força

é preciso ter gana sempre

e não fugir à luta…

quem traz no corpo a marca… mistura a dor e a alegria

e possui essa estranha mania de ter fé na vida

e porque a fé não costuma falhar

a fé tá na mulher

a fé tá na maré

na luz, na escuridão

a fé tá viva e sã 

Por isso essa força estranha;

por isso essa voz, essa voz, essa voz tamanha

deve estar dentro do peito 

ou caminha pelo ar

pode estar aqui do lado

bem mais perto que pensamos 

quantas vezes se escondeu 

mas renova-se a esperança 

nova aurora a cada dia..

e há que se cuidar do broto

pra  que a vida nos dê flor… e frutos…

há que se cuidar da vida… há que se cuidar do mundo

Por isso não provoque

porque mulher é bicho esquisito…

Nascimento, vida e morte..

Quem diria!

uma mulher não deve vacilar ..

Hoje pode transformar..

 

Feliz dia da Mulher!

Créditos e agradecimentos aos compositores: Milton Nascimento, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Rita Lee e Luiz Melodia.

 

Psicoterapia psicanalítica para (re) inventar o viver

1 comentário em “O feminino em análise – (des) cobrir a própria voz: é ter gana e coragem”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *