Pular para o conteúdo

Vera Canhoni

Psicanálise: apenas uma reflexão para inspirar

Psicanálise: apenas uma reflexão para inspirar

Sou psicóloga e psicanalista, doutora pela PUC-SP em Psicologia Clínica e atuo na profissão há mais de 25 anos, promovendo e recuperando a saúde psíquica e emocional daqueles que veem ao meu encontro.

Uma questão bastante frequente em meu consultório é relativa ao fato de vivermos um paradoxo: de um lado as aberturas e expansões de um mundo conectado e de outro um aumento considerável e significativo de queixas relacionadas à solidão.

A impossibilidade de ser visto, ouvido e ser reconhecido pelo outro sem os laços das redes sociais funcionando como pontes de encontro têm sido uma tônica bastante presente e permeada de sofrimentos, angústias, medos e incertezas.

Certamente quando perdemos algo do encontro com o outro, perdemos algo de nós mesmos, algo da nossa identidade e da nossa humanidade compartilhada.

Oferecer a oportunidade para a recuperação de vínculos e laços afetivos pessoais e interpessoais, é de fundamental importância em meus atendimentos.

É nesse sentido que a psicoterapia psicanalítica  (como possibilidade de encontro com o outro e consigo mesmo) permite a oportunidade de recuperar uma das mais belas e indispensáveis conexões…

A conexão com a própria interioridade: fonte sempre renovável e inesgotável de recursos, rica em potencial de transformação.

Felizmente ainda cultivo o encanto e a alegria de proporcionar, por meio do meu compromisso com a prática psicanalítica, um espaço e ambiente confiável àqueles que desejam se engajar em um processo de autoconhecimento e resgatar facetas de si mesmos.

Mas certa de que cada um é único e singular; com sua própria história, seus desejos e sonhos, suas limitações, conflitos e sofrimentos, minha escuta analítica se faz tecida pelo respeito, não-julgamento, empatia e sensibilidade.

Ainda assim, consciente de que cada processo se estabelece de forma particular, sustento e apoio o ritmo necessário para que cada um se envolva – em seu tempo – na jornada pessoal de encontro consigo mesmo e possa conquistar e integrar velhas e novas experiências emocionais.

Se pudesse sintetizar em uma frase a importância da psicoterapia psicanalítica poderia dizer que ela é uma rica oportunidade para realizarmos uma experiência singular.

A experiência de nos revelarmos para nós mesmos e nos nutrirmos da capacidade e coragem de resgatar o protagonismo de nossa própria história.

Há um conceito de saúde que gosto muito e utilizo como norte e bússola em todos os processos analíticos que acompanho.

Saúde não significa ausência de doença.

Saúde significa que alguém está em condição de seguir adiante com o seu percurso pessoal; saúde é ter garantido o direito a uma trajetória pessoal – trajetória que lhe confere a experiência de se sentir único e ser capaz de imprimir algo de original nas suas relações e na sua vida. Winnicott

Nesse sentido, é sempre gratificante e estimulante acompanhar a rica e surpreendente travessia daqueles que mergulham em si mesmos e encontram sua singularidade e diferença.

Eventos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.