Pular para o conteúdo

Vera Canhoni

Poeta – Manoel de Barros – poesia: ocupação da palavra

Poeta – Manoel de Barros – poesia: ocupação da palavra

 

Não tenho bens de acontecimento

O que não sei fazer desconto nas palavras.

Entesouro frases. Por exemplo:

– Imagens são palavras que nos faltaram.

Poesia é a ocupação da palavra pela Imagem.

Poesia é a ocupação da Imagem pelo Ser.

Ai frases de pensar!

Pensar é uma pedreira. Estou sendo.

Me acho em petição de lata (frase encontrada no lixo).

Concluindo: há pessoas que se compõem de atos, ruídos, retratos.

Outras palavras.

Poetas e tontos se compõem com palavras.

Manoel de Barros

Barros, M. O Guardador de aguas. Rio de Janeiro, 2009

Eventos

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.