Pular para o conteúdo

Vera Canhoni

Psicanálise: A confiança no ambiente e contexto analítico – parte 4/5 – Vera Canhoni

Psicanálise: A confiança no ambiente e contexto analítico – parte 4/5 – Vera Canhoni

 

Só há um modo de escapar de um lugar: é sairmos de nós.

 Só há um modo de sairmos de nós: é amarmos alguém. 

 Mia Couto

Encontro e comunicação autêntica

Parece pertinente considerar que se em todo e qualquer encontro e comunicação algo escapa e não se deixa apreender ou (re) velar, não me pareceu muito surpreendente quando, em resposta à sua carta, minha carta retornou às minhas mãos. Curiosamente não encontraram o lugar; o endereço correspondente.

Bem! Diante desse rico viés e inusitado acontecimento como ampliar o significado e sentido que podemos atribuir ao fato de que a comunicação e o encontro só se estabelecem quando é possível e imprescindível salvaguardar um lugar?

Não será mesmo que a confiança, o encontro e a comunicação mais autêntica e não invasiva implicam, como diria Winnicott, a preservação do núcleo isolado do self, como lugar sagrado?

Um lugar inatingível: confiança e núcleo isolado do self

Em outras palavras, muito provavelmente, a carta que não encontrou o lugar (a morada) do destinatário, represente o quanto – na comunicação e encontro com o outro – devemos sustentar e preservar um lugar inatingível e inalcançável.

Nessa espécie de brincar das cartas/mensagens nas voltas e reviravoltas em face da comunicação entre o remetente e o destinatário compreende-se a importância do enlace entre a confiança e à necessidade de ser secretamente isolado – a não violação do núcleo isolado do self -, como valor e selo inquestionável.

Quando preservamos – seja dentro ou fora das fronteiras do contexto clínico – o núcleo isolado do self ou essa faceta permanentemente desconhecida e, na realidade nunca encontrada, garantimos e sustentamos que os encontros ou (des) encontros quentes possam se configurar na base da confiança e da comunicação autêntica.

 

http://www.veracanhoni.com/psicanalise-confianca-ambiente-contexto-analitico-parte-5-5/

 

Eventos

 

Referências Bibliográficas:

COUTO, M. A Confissão da Leoa, Companhia da Letras, 2012

ROSA, G. Grande Sertão: Veredas. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986.

WININICOTT, D. W.  Comunicação e falta de comunicação levando ao estudo de certos opostos. In: D.W.Winnicott. O Ambiente e os processos de maturação: estudos sobre a teoria do desenvolvimento emocional. Trad. Irineo Constantino Schuch Ortiz. Porto Alegre: Artmed, 1983.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.