Pular para o conteúdo

Vera Canhoni

O Feminino em análise: desejo de ser e amar – Vera Canhoni

O Feminino em análise: desejo de ser e amar – Vera Canhoni

O Feminino em análise

desejo de ser e amar …

No marulhar das minhas escutas psicanalíticas, Marias.. Patrícias… Cristinas… Solanges… Luizas…, relatam suas ansiedades, esperas e agonias contidas no desejo de ser e de amar..
e, em outros e novos sentidos….um belo retrato para aquilo que, no amor, há de abissal…
Por que razão escapo do único ser que me terá amado? Não sei responder. A minha mãe costuma dizer que a água arredonda as pedras como a mulher molda a alma dos homens. Podia ter sido assim comigo. Não foi. Não houve nem amor, nem homem, nem alma. O que sucedeu é que, com o tempo, deixei de ter esperas. E quem deixa de ter esperas é porque já deixou de viver. E é por isso que fujo: tenho medo de ser devorada. Não pela ansiedade que mora dentro de mim. Devorada pelo vazio de não amar. Devorada pelo desejo de ser amada.

Mia Couto

Couto, M. A Confissão da Leoa, Companhia da Letras, 2012

http://www.veracanhoni.com/tempo-e-ritmo-reclusao-e-clausura-emergencia-do-novo/

http://www.veracanhoni.com/psicanalise-atendimentos-clinicos-para-adultos-e-adolescentes-temporariamente-atendimentos-remotos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.